A importância de escolher um sistema de gestão específico para igrejas

“Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” Esta é a missão que Jesus deu a seus discípulos, conforme foi escrito por Marcos (16:15). E, hoje, esta é também a missão principal da igreja: levar a Palavra do Senhor ao maior número de pessoas possível e estimular que elas também sejam propagadoras do Evangelho. Mas para cumprir bem esse dever, a igreja precisa estar forte, ter um bom planejamento e estar com as finanças equilibradas. Assim, é possível oferecer uma estrutura acolhedora aos fiéis e dar todo o suporte que eles precisam. Justamente por isso há no mercado opções de sistemas para facilitar especificamente o trabalho dos pastores e líderes. E é sobre os benefícios de contar com um sistema de gestão específico para igrejas que vamos falar neste artigo.

Isso mesmo! As igrejas podem aproveitar ainda mais as vantagens da tecnologia ao optarem por soluções desenvolvidas especialmente para atender às suas necessidades, desde a gestão completa da membresia e da contabilidade até a conciliação de documentos e o gerenciamento financeiro. Para ficar mais claro, vamos fazer uma comparação com o ambiente corporativo. No dia a dia de uma empresa são realizadas diversas atividades para que as metas sejam atingidas, como o registro das operações de compra e venda e o cadastro de novos clientes, por exemplo. Para dar conta de todas as informações, utiliza-se um sistema de gestão (ERP) que centraliza e integra os dados em um único lugar, ajudando nas tomadas de decisões e no planejamento estratégico.

Quando falamos do dia a dia das igrejas, o princípio é o mesmo. Os sistemas de gestão direcionados para instituições religiosas oferecem ferramentas que simplificam a administração do caixa, de modo que é possível acompanhar o financeiro de forma precisa. Outra importante função é a possibilidade de fazer um gerenciamento mais eficaz das células (no caso das igrejas celulares) e dos grupos, acompanhando todos os membros em aspectos como a frequência nas atividades, onde moram, quando fazem aniversário e assim por diante. Com isso, você pode dar a devida atenção a cada um deles sem esquecer nenhum detalhe importante para sua comunidade.

As vantagens de ter um sistema de gestão específico para igrejas

Além de ser mais segura e eficiente, a automatização desses processos proporciona uma importante economia de tempo para os pastores e líderes. Isso porque eles têm acesso a relatórios gerados automaticamente a partir das informações colocadas no sistema e podem, então, dedicar mais energia para a missão da igreja, que é a evangelização e o acolhimento dos fiéis.

Bom, até aqui já deu para perceber que um sistema de gestão para igrejas contribui de forma efetiva para a qualidade dos trabalhos realizados, não é verdade? E a boa notícia é que não para por aí.

Essa ferramenta permite uma gestão financeira eficaz, de modo que os projetos são desenvolvidos com qualidade e melhorias são feitas sem prejudicar o caixa da igreja. E atenção! Não se trata apenas de contar dinheiro, mas de geri-lo corretamente, com rapidez e transparência. O sistema de gestão para igrejas ajuda exatamente nesses aspectos, reduzindo as chances de erros e contribuindo para a transparência dessas operações junto aos fiéis. Além disso, ele também permite a conciliação e a organização de documentos, facilitando o trabalho de arquivá-los e identificá-los sempre que for necessário.

Outra importante vantagem é que a comunicação entre a igreja e os fiéis torna-se mais eficaz com uma ferramenta de gestão. Lembra quando comentamos sobre a possibilidade de cadastrar os membros da sua comunidade no sistema? Bom, além de deixar todas as informações centralizadas, ele permite o envio de memorando e SMS para garantir que a Palavra de Deus chegue até eles e, assim, incentiva que os membros sejam cada vez mais ativos e envolvidos com as atividades da comunidade. Afinal, sabemos bem que a evangelização depende de uma boa comunicação, exatamente o princípio que Jesus utilizava para seus ensinamentos.

Como um sistema de gestão específico para igrejas pode fortalecer células e grupos

Como já falamos em outro artigo aqui do blog, as células têm muitas funções importantes para o desenvolvimento da igreja. Entre outros objetivos, elas estimulam a troca de experiências, aproximando os membros da Palavra do nosso Senhor Jesus e convertendo mais pessoas para o Reino de Deus. Entretanto, para que tudo isso seja possível, é preciso que os líderes sejam capazes de monitorar o desenvolvimento dos grupos e, assim, cuidar e orientar os fiéis, o que exige conhecer bem cada um deles. Além disso, também é importante ter o detalhamento das reuniões realizadas, pois assim é possível acompanhar a evolução do trabalho e sempre aprimorá-lo para que a igreja se aproxime da comunidade.

Nesse sentido, um sistema de gestão específico para igrejas contribui ao centralizar as informações sobre os membros de cada célula, registrando as questões levantadas nas reuniões, dúvidas e dificuldades pelas quais eles possam estar passando e a evolução deles como cristãos. Assim, os líderes celulares e os pastores conseguem ter todas as informações a um clique e, a partir delas, prepararem-se melhor para atender às necessidades espirituais dos fiéis, aproximando-os cada vez mais dos ensinamentos de Cristo.

O resultado é que a igreja se fortalece e consegue levar a Palavra do Senhor para cada vez mais pessoas. Além disso, pode distinguir com maior facilidade aqueles que mais precisam de apoio e dedicar uma atenção especial a eles, para que se sintam amparados e se mantenham perseverantes na fé. É por esta razão que contar com o auxílio da tecnologia faz a diferença para a sua congregação! Entre em contato com a nossa equipe e descubra como o nosso sistema pode ajudá-lo na sua missão.

experimente